A importância das vitaminas para a saúde

  • Home
  • A importância das vitaminas para a saúde
0800 777 00 80  /  (19) 99351-5109  /          

A importância das vitaminas para a saúde

Postado em 10/10/2016


As vitaminas são substâncias orgânicas que o nosso organismo não consegue produzir. Necessárias em pequenas quantidades e obtidas através de uma alimentação equilibrada, as vitaminas são essenciais ao nosso organismo, atuando em conjunto com algumas enzimas, controlando atividades das células e diversas funções do corpo.

São classificadas em dois grupos: lipossolúveis (vitaminas A, D, E e K) que podem ser conservadas durante algumas semanas pelo fígado, e hidrossolúveis (vitaminas H, C e do complexo B) que se perdem facilmente quando cozinhadas (por isso, alimentos ricos nestas vitaminas devem preferir-se crus) e não são armazenadas pelo organismo.

Cada vitamina constitui portanto um elo importante para manter uma saúde plena e evitar doenças graves, daí que tenha sido concebida uma porcentagem de dose diária recomendada (DDR). Essa dose diária varia ligeiramente consoante o sexo, o estado de saúde, a idade e outros factores. 

Benefícios das Vitaminas

- Melhora a pele e mucosas.
- Age sobre o sistema nervoso, trabalhando o metabolismo dos açúcares, das gorduras e das proteínas.
- Fornece energia ao organismo.
- Melhora a oxigenação celular.
- Ajuda nos processos de cura e rejuvenescimento.
- Age nos glóbulos vermelhos, células nervosas, no equilíbrio hormonal e na beleza da pele.
- Age sobre o tecido conjuntivo, tem poder desintoxicante, combate o stress e também como antibiótico natural.
- Auxilia na cura de doenças e infecções.

A melhor maneira de consumir todas as vitaminas necessárias para o bom funcionamento do corpo é fazer uma alimentação saudável e variada, de preferência incluindo alimentos frescos e biológicos. A suplementação vitamínica com comprimidos também é uma alternativa para prevenir ou tratar a falta de vitaminas e suas consequências (embora o consumo de complexos vitamínicos não devam substituir uma boa alimentação, nem podem ser consumidos sem orientação e supervisão médica).