Benefícios de uma alimentação “colorida”

  • Home
  • Benefícios de uma alimentação “colorida”
0800 777 00 80  /  (19) 99351-5109  /          

Benefícios de uma alimentação “colorida”

Postado em 05/11/2019


A natureza é maravilhosa e completa, e cada cor presente nas frutas, verduras e legumes é um antioxidante, com grande potencial anti-inflamatório e imprescindível para o bom funcionamento do nosso organismo.

Quando pensamos em alimentação saudável, imaginamos um prato colorido, e quanto maior a variedade de cores no prato, maior a variedade de nutrientes, favorecendo a manutenção da saúde e a prevenção de doenças.

Quais são as principais substâncias presentes em cada cor?

Alimentos verdes (espinafre, brócolis, alface, agrião, couve): fontes de fibras, betacaroteno, ferro, ácido fólico, vitamina K e clorofila.

Alimentos alaranjados (mamão, caju, damasco, caqui): fontes de betacaroteno (pró-vitamina A), vitamina A e vitamina C.

Alimentos vermelhos (morango, tomate, cereja, melancia, goiaba): fontes de licopeno, antocianinas e vitamina C.

Alimentos roxos (uva, ameixa, mirtilo, jabuticaba, açaí, berinjela): fontes de antocianinas e resveratrol.

Alimentos marrons (nozes, castanhas, cevada, centeio, grão-de-bico, feijão, lentilha, soja, cereais integrais): fontes de selênio, vitamina E e vitaminas do complexo B.

Vamos ficar atentos não apenas a uma única refeição, pois o mais importante é o conjunto da obra, ou seja, as escolhas que você faz durante um dia inteiro.

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos!